Cultura - Desporto - Tempos Livres - Educação - Cooperação

11
Nov 09
3.1.2 Outros livros
 
      Desse espólio, para além dos livros de actas, existem outros que reflectem a actividade da instituição, nomeadamente:
 - Livro de Inventário - com 50 folhas não rubricadas, com as datas extremas: 31 de Outubro de 1944 (Termo de Abertura) a Setembro de 1984;
 - Livro do Rancho Folclórico de Vizela (receitas e despesas) - com 100 folhas, com as datas extremas: 11 de Janeiro de 1958 a 10 de Setembro de 1959;
 - Livro do Registo de Correspondência Recebida – com 100 folhas, com as datas extremas: 02 de Janeiro de 1961 (Termo de Abertura) a 30 de Maio de 1996.
      No livro do Registo de Correspondência Recebida, as interrupções dos registos são evidentes. A primeira dá-se entre 28 de Fevereiro de 1962 e 8 de Outubro de 1973, seguindo-se outra interrupção de 11 de Março de 1974 a 04 de Janeiro de 1982. A partir desta data, existe registos regulares até 30 de Maio de 1996, data do termo dos registos neste livro.
 
3.1.3 “Dossier” de correspondência enviada
 
      Da correspondência enviada e recebida poder-se-á aferir, para além de uma quantificação e periodicidade, os níveis de contactos estabelecidos entre a Casa do Povo e outras entidades, tais como o Instituto Nacional do Trabalho e Previdência, Fundação Nacional para a Alegria no Trabalho (sessões de cinema) e Delegado de Saúde do Distrito de Braga. Nesta matéria, o arquivo documental disponível salda-se apenas por um “dossier” de cópias de correspondência enviada entre 18 de Janeiro de 1965 e 30 de Dezembro de 1966. Na sua maioria, a correspondência representava o expediente normal das actividades desenvolvidas por esta instituição. No entanto, destaca-se a existência de correspondência que testemunha o empenho da Casa do Povo no contributo às aspirações da vila de Vizela a concelho, início de uma luta que alterou a história mais recente destas gentes. Datada do ano de 1965, essa correspondência serviu para enaltecer e agradecer, por parte da direcção, as notícias publicadas pelos jornais, nomeadamente “O Século”, o “Primeiro de Janeiro” e o “ Correio do Minho”, onde se apela ao governo da nação a criação do concelho. Aliás, o interesse da Casa do Povo não se circunscrevia aos assuntos locais e nacionais, pois também os de outros países faziam parte das suas preocupações como foi o exemplo da “agressão” da Hungria por parte da União Soviética em 1956 
 
3.1.4 Álbum de fotografias
 
      A inauguração da sede da Casa do Povo de Vizela foi momento alto do historial da instituição e da comunidade, um dia festivo e contemplado com a presença de convidados ilustres, para além do corpo directivo, sócios e inúmeros populares. Um álbum com algumas fotografias em bom estado de conservação consagra-lhe vinte fotografias (14 Outubro de 1956) que registaram alguns momentos como o “corte da fita”, a bênção das instalações e os inevitáveis discursos.
As instalações do novo edifício também constam deste álbum, num total de oito fotografias, sem referência a data, ilustram algumas das funcionalidades da nova sede. Uma da salas destinava-se às actividades recreativas e onde decorriam as sessões de cinemas incrementadas pela Fundação Nacional para a Alegria no Trabalho um organismo do Estado Novo. Dessas projecções, dispõem de três fotografias, datadas de Setembro de 1967, e que evidenciam o entusiasmo que estes eventos geravam na população.
A existência de um rancho folclórico também se poderá constatar através de uma fotografia, sem data, dos seus elementos. Por último, existe uma fotografia alusiva a um almoço ou jantar, sem referência a qualquer data, mas que poderá ter ocorrido no dia da inauguração
 

António Fernandes Gonçalves - Licenciado em Ciências Sociais/História, aluno do Mestrado em Cultura e Poderes da Universidade do Minho

publicado por Casa do Povo de Vizela às 15:13

CASA DO POVO DE VIZELA
Reconhecida de Utilidade Pública - Decreto -Lei 4/82 - / - Diploma de Sócio Honorário da Real Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Vizela - 26 de Fevreiro de 1994 - / - Voto de Louvor da Câmara Municipal de Vizela, pela presença na Residência Oficial do Primeiro - Ministro - Janeiro de 2001 - / - Moção de Saudação pelo 60º Aniversário - Câmara Municipal de Vizela - Ano de 2004 - / - Atribuição de Louvor : " Mérito do Municipio de Vizela - Grau Prata - Câmara Municipal de Vizela - 09 de Março de 2005 - / - Voto de Felicitações da Assembleia Municipal de Vizela - 27 de Fevreiro de 2006
Novembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
12
13
14

15
16
17
18
19
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


CASA DO POVO DE VIZELA - A SUA HISTÓRIA E A SUA VIDA
É intenção deste blog dar a conhecer a toda a gente, a história e a vida da Casa do Povo de Vizela. Por isso, ao longo dos posts que serão colocados, iremos "misturar" a história da Casa do Povo, com eventos e acontecimentos recentes, numa "mistura" que esperamos seja do agrado de todos, nomeadamente dos seus associados e amigos
Mais coisas...
pesquisar
 
blogs SAPO